Desenvolvimento comportamental

Tempo de leitura: 1 minuto

Na postagem anterior, falamos de Comportamentos. E, para desenvolvê-los, passamos por quatro estágios distintos:  ENTENDER / QUERER / APRENDER / FAZER.

Porque o ENTENDER, sucinta a necessidade de compreender o contexto do mundo em que as pessoas estão vivendo, como são impactadas por ele e como devem agir; entender quais são seus talentos e potencializá-los; entender claramente o que é exigido delas, não somente nos aspectos técnicos daquilo que fazem, mas fundamentalmente, também, nos aspectos comportamentais. Com isso tudo, busca-se a compreensão do quanto custará abrir mão dos conceitos antigos e quais “sacrifícios” deve-se fazer para implantar os novos modelos.

QUERER é um aspecto importante a ser considerarado. Nesta determinante QUERER É O PODER. Isto significa que o fato de querer com afinco alguma coisa, mobiliza em nós uma energia poderosa para a ação: a energia da vontade. Esta é a energia que nos conduz na busca por atingir nossos objetivos. Quando a vontade morre o esforço arrefece e o nosso querer desaparece.

O QUERER também pode ser confundido com desejo –  e eles são bem diferentes. O desejo tem prazo curto, ele segue uma curva chamada “curva do desejo“. Começa fraquinho, vai crescendo e quando chega ao ápice vai decaindo.

Já, o APRENDER [se de fato você ENTENDE e QUER], será relativamente fácil e prazeroso, pois o assunto em questão passa a ter significado. E, para este ponto específico do desenvolvimento comportamental, 5 pontos devem ser levados em consideração:

  1. Fazer escolhas
  2. Disponibilidade de tempo
  3. Interesse pelo assunto
  4. “Ossos do Ofício”
  5. Investimento Financeiro.

Nas próximas postagens, serão esclarecidos os pontos acima.

Deixe seu comentário abaixo, e vamos juntos construir este aprendizado,rumo ao desenvolvimento comportamental!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *