Procrastinação

Tempo de leitura: 2 minutos

A publicação anterior abordou a questão do tempo, com o título “Você tem tempo suficiente”.  E, afirmar que não tem tempo suficiente  faz com que adiemos, retardemos, PROCRASTINEMOS nossas tarefas e metas e isto está relacionado com o DESENVOLVIMENTO PESSOAL, em qualquer área do seu dia a dia.
Por isso, resolvi fazer uma rápida abordagem, de forma que você possa se livrar desta PROCRASTINAÇÃO a qual, fatalmente, lhe causa muitas complicações e, consequentemente, poderá causar danos, às vezes, irreparáveis.

Então, o que fazer?

Em primeiro lugar, vamos definir o que é PROCRASTINAÇÃO: adiamento de uma ação; para a pessoa que está a procrastinar, isso resulta em stress, sensação de culpa, perda de produtividade e vergonha em relação aos outros por não cumprir com suas responsabilidades e compromissos.

Embora a procrastinação seja considerada normal, torna-se um problema quando impede o funcionamento das ações. A procrastinação crônica pode ser um sinal de problemas psicológicos ou fisiológicos, segundo os psicólogos.

Como vem, a complexidade deste fato, ação e/ou comportamento é imenso e eu não pretendo escrever um enciclopédia sobre assunto tão delicado e sensível. Mas em níveis práticos, precisamos mudar essa CARACTERÍSTICA que tão fortemente, INIBE o DESENVOLVIMENTO DAS PESSOAS. Milhares são as causas influenciadoras da procrastinação, como por exemplo:

  • Internet;
  • Bater papo fora do horário adequado;
  • Obediência ao seu próprio planejamento ou ao que está inserido;
  • Questões fisiológicas;
  • Depressão e etc.

Dessa forma, a leitura do livro “STILL PROCRASTINATING: THE NO REGRETS GUIDE TO GETTING IT DONE“, em tradução livre, “Ainda procrastinando: o guia de como fazer sem arrependimentos”, do pesquisador Joseph Ferrari, pode ser uma ferramenta interessante.

Já um artigo de um especialista, Timothy Pychly, psicólogo da universidade de Carleton, no Canadá, alerta: “deixar tarefas para depois gera sensação de prazer imediata, mas, no dia seguinte, diante do acúmulo de trabalho, o indivíduo vai ser exposto a um enorme estresse”. Ou seja, PROCRASTINAR é uma falta de respeito com o “FUTURO VOCÊ”, diz ele.

Na próxima postagem irei abordar a questão: COMO SOLUCIONAR A PROCRASTINAÇÃO.

Espero que as sugestões e informações que trago aqui possam nos tornar melhores, buscando e praticando o CONHECIMENTO QUE LIBERTA, alvo constante do Desenvolvimento de Pessoas.

Abraço e até a próxima postagem

Frank Moraes – O Coach

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *