Que exercicíos devemos praticar para desenvolvermo-nos?

Tempo de leitura: 1 minuto

Será que suas Emoções e Relações Familiares passam por algumas iniciativas, concretas e racionais, afinadas com as leis divinas (as quais servem como balizadoras de nossas ações)?

Abaixo trago algumas iniciativas que, se monitoradas pelo ato da reflexão, disciplina, cultura, prática, treinamento e foco, poderá reduzir índices de baixa qualidade existencial de vida, bem como aumentar o seu crescimento como pessoa de forma exponencial, influenciando seus familiares como um modelo a ser seguido.

Neste contexto, as pessoas que começam a se autodesenvolverem passam a ter algumas das atitudes relacionadas abaixo:

  • Elas têm consciência de sua espiritualidade e cuidam-na primeiramente;
  • Elas não ignoram a possibilidade de ter uma reserva mensal de dinheiro;
  • Elas não dependem muito dos outros;
  • Elas não agem de forma irresponsável;
  • Elas não se sentem derrotadas pelo fato de terem que rever suas convicções;
  • Elas não se desesperam com seus erros;
  • Elas não ficam presas ao passado;
  • Elas não dependem da sorte para resolverem seus problemas, mas da sua fé misturada à ação;
  • Elas não deixam de aprender com seus erros;
  • Elas não desistem de suas ideias apenas pelo fato de outros não concordarem com elas;
  • Elas não falam antes da hora. São tardios no falar;
  • Elas não negligenciam aspectos importantes nos negócios;
  • Elas não perdem a oportunidade de crescer;
  • Elas não desistem das causas humanitárias e sociais;
  • Elas não deixam de usar os recursos tecnológicos a seu favor;
  • Elas não superestimam suas habilidades;
  • Elas não fazem inimigos;
  • Elas não permitem que seu orgulho interfira em suas vidas;
  • Elas não colocam ovos em uma só cesta;
  • Elas não mentem sobre as dificuldades que irão enfrentar no caminho;
  • Elas não assumem riscos desnecessários. São prudentes.

Após uma reflexão sobre cada uma das atitudes citadas, verifique se um processo de coaching poderia ajudá-los a desenvolvê-las.

Forte Abraço

Frank Moraes – o Coach

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *