Você domina a arte dos relacionamentos?

Tempo de leitura: 2 minutos

Caros leitores! As dicas escolhidas para as recentes publicações fazem alusão a assuntos e comportamentos que podem transformar nossas vidas. Muitas vezes, a rotina nos cega e não conseguimos enxergar o quanto temos que oxigenar nosso relacionamento, seja familiar, emocional, profissional, com amigos, e até político-sociais.

Quando crescemos, somos ensinados que basta sermos educados, polidos com as pessoas para que, automaticamente, elas gostem de nós. Da mesma forma, magicamente, todos os amigos vão nos ligar, vão manter contato, vão nos convidar para os melhores lugares, melhores negócios e etc.

ERRADO!

Por isso, devemos desenvolver relacionamentos sempre guiados pelo propósito de gerar valor nas e para as pessoas. Convivemos diariamente com pessoas as quais (mesmo involuntariamente) sugam informações ou satisfações pessoais e não compartilham absolutamente nada. São pessoas que vivem no MINDSET da escassez. Por outro lado, existem as pessoas que estão imersas no MINDSET da abundância, no qual existe sucesso pra todo mundo, tudo ao seu redor pode ser compartilhado e, dessa forma, essas pessoas ajudam sem compromisso a quem precisa.

Quando você começar a gerar valor para as pessoas sem pensar em receber algo em troca, você começa a entrar na SEMENTEIRA DA COLHEITA dos relacionamentos.

Mas antes de irmos adiante, vamos definir o que é MINDSET. Os americanos adotam esta terminologia para representar o modo dominante como vemos, compreendemos e julgamos as coisas a nossa volta o que, por sua vez, norteia nossas ações cotidianas nos âmbitos pessoal, familiar, emocional e profissional. Este termo traduzido de maneira coloquial e livre quer dizer: “modelo mental predominante, forma institucionalizada de enxergarmos as coisas ou também paradigma pessoal, familiar, profissional”. O escritor e palestrante Roberto Shinyashiki, sentenciou: Vencer não é competir com outro. É derrotar seus inimigos interiores.

Desafie o MINDSET predominante no seu negócio, na sua emoção, na sua família, nos seus talentos e competências e será surpreendido com resultados POSITIVOS INIMAGINÁVEIS!

Uma das habilidades mais fortes, desenvolvidas através do Método EFP – de Desenvolvimento de Pessoas é o poder da influência e persuasão, que são artes que você também pode aprender a dominar… Você pode influenciar alguém que ama a ajudá-lo a dar o próximo passo ou, em uma reunião, saber guiar exatamente para o lado que deseja.

Estes são alguns pontos, dentro de um contexto que envolve a forma como você se relaciona e é enxergado pelo mundo.

Ao encerrar esta publicação, desafio você a separar 10 minutos do seu almoço, pegar sua lista de contatos no celular e mandar mensagens de áudio para dois amigos perguntando como vão as coisas. Tente ficar presente para aquilo que é mais importante para a pessoa e não espere nada em troca. E quando digo amigos, falo de todas as pessoas que já passaram por sua vida.

A pessoa sempre espera que você vá pedir algo… Então, SURPREENDA!!!!

Até o próximo contato com a quarta dica do Método EFP – de Desenvolvimento de Pessoas.

Forte Abraço,

Frank Moraes – O Coach

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *