[PODCAST] Cafézinho com o Frank #19 – 12 dicas para dar velocidade a sua empatia

Tempo de leitura: 4 minutos

Clique no botão “play” abaixo para ouvir:

Ou confira a transcrição do aúdio:

Hoje, resolvi trazer para você dentro do campo da letra E do meu método, Emoções e Família, o que mais o tempo de convivência corrói, se não fizermos empatia diária, a todo momento com velocidade, aos que nos rodeiam, a maior parte das nossas vidas, a saber, esposa, filhos, parentes, colegas de trabalho e vida social.

Por que será que tão poucos casais parecem encontrar o segredo para manter o amor vivo depois do casamento?

Por que a relação entre pais e filhos se deterioram ao longo do tempo?

Por que nossos parentes nem sempre são tão bem vindos, sem restrições apontadas?

Por que na relação com colegas de trabalho, não conseguimos ter uma relação equilibrada?

E porque na vida social, não somos ou recebemos todos,  o tempo todo de forma igual, sempre criamos ambientes de discriminação às vezes até involuntária?

A razão é porque não praticamos Empatia em alta velocidade, ou seja não somos educados, treinados, habituados; culturalmente não herdamos o princípio da igualdade tão promulgada na constituição federal de que somos todos iguais perante a lei.

E aí você me pergunta: como fazer isso Coah Frank Moraes? Simples! Adquirir alguns hábitos em velocidade, tais como:

Não julgar atos quaisquer sem saber o porque do ocorrido;

Colocar-se sempre no lugar do outro, imaginar o que outro gostaria de receber se estivesse no lugar dele,

Identificar a linguagem que cada um pratica, pois as pessoas crescem aprendendo a linguagem do ambiente em que vivem, e assim temos muita dificuldade de criar novas linguagens.

No âmago da existência humana se encontra o desejo de ser íntimo e amado um pelo outro.

Não confundir paixão com amor. O primeiro é marcado pela euforia o segundo é que,  é  hora de descobrir o que é amor de verdade pelo nosso semelhante. Como?

Quando a reserva emocional do outro está abastecida e ele (a) se sente seguro(a) de seu entendimento,  o mundo inteiro fica mais colorido e ele seguirá adiante para buscar o maior potencial da vida.

Mas vamos a alguns exemplos práticos para colocar a empatia em velocidade com todos que nos rodeiam, conforme elencado no inicio deste café.

1) Desenvolver o poder do elogio mútuo

palavras de incentivo e encorajamento; é a forma, e o tom de voz é super importante para não distorcer o que se quer falar do objetivo, ao expressar-se; ao seu redor as pessoas interpretará a mensagem com base no tom de voz e não nas palavras usadas.

2) Fale bem das pessoas a que se refere, para as pessoas a quem se dirige

3) Elogie as pessoas na frente de outras, reconhecendo seu valor

Quando você for elogiado por algo que tenha feito, tribute parte do seu mérito a quem te ajudou de forma silenciosa e despojada de qualquer sentimento,  se não o de doar-se.

4) Olhe nos olhos das pessoas quando estiver conversando com elas

5) Não se ocupe de outra coisa quando seu interlocutor estiver falando

6) Mostre sensibilidade aos sentimentos dos outros mesmo que contrarie os seus

Pois a expressão é passageira, logo você estará longe e o que ele precisava naquele momento era só ser ouvido e não julgado.

7) Observe a linguagem corporal de quem estiver falando com você e seja empático, tente compreender

8) Evite interromper quando alguém estiver expondo seus pontos de vista ou assunto

9) Muito se fala em humildade mas na realidade a humildade está intimamente ligada a um comportamento

Se expressarmos nossas necessidades em forma de pedidos, estamos mostrando uma direção e não um ultimato. E assim vestígios de arrogância, prepotência, desaparecem pois nunca existiram ,eram apenas convicções colocadas de forma inadequada.

10) Uma das coisas que mais se fala é de que a palavra tem poder de vida e de morte

E sabendo disso devemos nos preocupar com o que falamos , principalmente com quem não conhecemos, assim recomendo que a linguagem utilizada com qualidade, ou seja harmoniosa.

11) Aprender a dialogar é uma das mais poderosas formas de dar velocidade a empatia

Porque uma conversa solidária exige coragem para você abrir o coração, compartilhe seus pensamentos e sentimentos, ao contrário daquela pessoa que tem a personalidade, onde recebe mas não entrega nada.Este tipo de personalidade recebe muitas experiências , emoções e pensamentos durante o dia. Mas tem um reservatório onde guarda tudo e se sente perfeitamente a vontade com o fato de não informar, exceto o que lhe for benéfico.

12) Finalmente a empatia deve transmitir a linguagem do amor

E sua prática começa dizendo:

“perdoe-me, sei que feri você, mas quero desculpar-me e não mais reincidir no erro.”

Isto não apaga o erro, mas torna o futuro promissor.

A empatia dizem os psicólogos está entre as necessidades básicas, tipo segurança, valorização e relevância, da pessoa a quem você está se dirigindo.

Eu sou o Coach Frank Moraes, criador do Método EFP de Desenvolvimento de Pessoas.

Até o próximo cafézinho!

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *