Mulher, quebre barreiras para chegar ao topo

Tempo de leitura: 7 minutos

 

Atenção mulheres! Eu sou o Master Coach Frank Moraes, e continuando a saga de apresentar o método EFP criado por mim, objetivando sempre seu
Desenvolvimento Pessoal e como forma de presentear vocês todas pelo registro do Dia Internacional da Mulher no próximo dia 8 de março de 2018, venho mostra-lhes de forma específica como funciona a letra P do método.

Vamos lá então!

No Brasil, as mulheres são mais escolarizadas do que os homens. Segundo dados do IBGE, 12,5% das mulheres com 25 anos ou mais possuem ensino superior completo. Entre os homens, o percentual é de 9,9%. A diferença segue na faixa etária de 18 a 24 anos, quando 15,1% das mulheres frequentam graduação contra 11,4% dos homens.
Os dados do IBGE revelam outra informação importante e estarrecedora para ser analisada: mesmo mais escolarizadas, as mulheres recebem média salarial inferior aos homens. De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios o (PNAD), de 2015, a média salarial do homem é de R$ 2.012,00 e a da mulher é de R$ 1.522,00.
E quando o assunto é cargos de poder, apenas 37% delas estão em cargos de chefia
nas empresas privadas e 21,7% no serviço público. A maioria delas também está em áreas com baixa remuneração, como educação (83%) e humanidades e artes (74,2%).

Ufa, que enxurrada de dados! Mas é importante compreendermos o contexto em que a mulher brasileira está inserida para aferirmos soluções para um caminho que, por vezes, se mostra espinhoso. Vamos lá?

5 barreiras que as mulheres enfrentam na carreira

É recente a tomada da brasileira no mercado de trabalho. A conquista data, mais
especificamente, do século XX. Ou seja, há menos de um século. De lá pra cá, a mulher continua enfrentando barreiras que precisam ser vencidas. As principais barreiras são sociais, entenda:

Salário desigual: mulheres ganham menos que o homem em todos os cargos, seja ele de base ou de chefia. Embora haja perspectivas de melhoria no que se refere à ocupação de cargos por mulheres, pesquisas identificam que a equiparação salarial com os homens deve acontecer em décadas.

mulher1

Divisão de tarefas domésticas: a jornada dupla das mulheres continua sendo padrão social. Pelo menos 89,9% das mulheres com mais de 16 anos realizam tarefas domésticas, estabelecendo assim 7 horas a mais de trabalho, em média, que os homens. A falta de participação masculina no âmbito domiciliar sobrecarrega as mulheres, reduzindo o tempo de dedicação da mulher para alcançar melhores posições profissionais.

22

 

Prioridade familiar: parece coisa do século passado, mas é uma realidade bastante atual. Mulheres ainda abandonam suas carreiras para priorizar a ascensão profissional do marido ou para se dedicarem à maternidade. Mesmo que a porcentagem desse tipo de evento esteja reduzindo cada vez mais, foi criado o estereótipo para o perfil feminino que impacta negativamente na escolha dos recrutadores de empresas.

mulher3

Assédio moral: mesmo no ambiente de trabalho, mulheres ainda são alvo de assédio, seja horizontal ou verticalizado. Muitas não denunciam o assédio pelo medo da demissão ou de sofrer perseguição moral no mercado. O resultado é que essas mesmas mulheres caem ostracismo da carreira.

mulher4

Falta de representatividade: o exemplo importa, sim. Em empresas com cargos de chefia mais diversos, 85% das mulheres se sentem mais estimuladas a ascender
profissionalmente. Por isso, é importante também que as empresas se abram para seletivos internos mais proporcionais, a fim de construir um quadro de chefes mais misto.

mulher5

7 dicas para a mulher vencer barreiras no mercado
Por tudo o que foi desenhado até aqui, percebe-se claramente que não é a falta de
ambição o motivo para mais mulheres não estarem no topo. Mas de deficiência de algumas
características que podem contribuir para ultrapassar as barreiras que estão impostas.
– Não se conforme: promova a mudança, mesmo quando todo o cenário parecer
desfavorável. Seja a inovação, destaque-se como solução. A mulher começou a
conquistar o seu espaço e é preciso de cada vez mais mulheres bem resolvidas
e determinadas para ampliar essa conquista.

mulher6
– Inspire-se: seja inspiração. Assim como você há muitas mulheres desejosas
de cargos de liderança, de construir uma carreira brilhante, de ser renome.
Independentemente de não existir uma mulher inspiradora na sua empresa,
espelhe-se em uma mulher inspiradora do seu ou de outro mercado. Essa
iniciativa dá fôlego para correr atrás do objetivo.

beyonce
– Não se canse: crescer na empresa, no mercado, dá trabalho. E é necessário
ânimo, entusiasmo, crie inteligência emocional e não se resigne na zona de
conforto.

Young woman leaning on bridge.
– Alimente-se de conhecimento: parar de estudar? Jamais! Gradue-se, faça
pós-graduação, participe de eventos, seminários, workshops, leia bastante,
torne-se especialista.

mulher8

– Faça networking: eventos, seminários e workshops são muito importantes para
a construção de networking. Mas não basta a troca de cartões de visita. É
também necessário trocar ideias, dar e ouvir conselhos, indicar e ser indicado,
elaborar projetos conjuntos, trabalhar em equipe.

mulher9– Promova-se: você fez um projeto muito bom que exigiu mais tempo de
dedicação, estudar mais e buscar soluções inimagináveis? Ressalte isso e faça
todos perceberem seu esforço e seu valor.

Michelle-Obama
– Encontre o ponto de equilíbrio: equilibrar a vida pessoal e a vida profissional
não pode ser um sacrifício. Crie uma rede de apoio para que você dê o seu
melhor em todos os compromissos que tiver em sua agenda. Não ache que você
deve ser uma super-heroína e dar conta de tudo sozinha. As pessoas ao seu
redor podem auxiliá-la.

 

mulher10

O Método EFP pode ajudar a mulher a chegar ao topo

O Método EFP vem se consagrando como uma importante ferramenta de
empoderamento para as mais diversas pessoas, com os mais distintos objetivos. Para a mulher, o EFP funciona como um catalisador que a enriquece de eficiência, foco e autogestão.
Se você, mulher, deseja melhorar a sua performance e se tornar uma profissional de destaque, veja algumas das competências que o Método EFP irá ajudá-la a desenvolver.

– Desenvolvimento de liderança: não é sorte que vai te levar ao sucesso, mas ao
desenvolvimento de aspectos que vão fazê-lo dialogar tanto horizontal quanto
verticalmente em seu trabalho. Tornar-se líder é questão de aprendizado e de
treinamento. Com o EFP, mais especificamente com o P, você irá desenvolver o seu
mindset de liderança autêntico.

– Pragmatismo: o cenário da mulher não pode ser paralisante. As condições de trabalho
não podem ser empecilhos para o desenvolvimento profissional. Com o EFP, você pode
se revelar uma pessoa pragmática e resolver os problemas de forma ágil e assertiva.

– Comunicação e Relacionamento: a forma como você se relaciona, se comunica, age e reage no ambiente do seu trabalho pode ser mais estratégica. Uma comunicação relevante e um relacionamento saudável refletem o envolvimento do colaborador na organização, assim como seu nível de inteligência emocional, competências muito bem avaliadas nos líderes empresariais.

comunicação-equipe-empresas-748x324

– Fortalecimento e Entusiasmo: concentre energia no seu crescimento profissional, criando uma proposta de carreira consistente e eficiente. O entusiasmo só pode ser gerado por você para si mesma, ainda que o contexto seja de incertezas. Fortaleça-se como mulher profissional!

mulheres-na-construcao-civil-1

– Organização e foco: quando você foca na sua carreira, os objetivos ficam mais claros e definidos. Organize-se para dar os passos necessários para obter reconhecimento e garantir destaque.

aula2

 

Curtiu este artigo e deseja se tornar uma mulher profissional mais fortalecida? Então clique agora mesmo em sessão gratuita. A primeira sessão experimental vai norteá-la sobre o Método EFP e esclarecer sobre a atuação dele em 360º da sua vida. Você pode também enviar e-mail para conversar com a nossa equipe. O endereço é suporte@institutofrankmoraes.com.

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *